PROJETO ENCONTROS

Ivan Illich

SOBRE 
Como fazer o ambiente em que nos encontramos existir?  
O Projeto Encontros começou no Brasil (antes que déssemos conta) e nutriu-se dos escrito de Ivan Illich. 
A obra deixada por Ivan Illich, bem como sua forma de vida — que tateamos por meio de seus amigos — abarcam princípios que nos chamam atenção pela sua profundidade. Suas investigações, que perpassam a questão sobre quem é o seu próximo nos impulsionaram para uma jornada. Com isso, nos dedicamos, desde 2015, a fazer contato com seus amigos; o desejo de um dia conhecê-los pessoalmente se tornou realidade.
Nasceram os primeiros encontros, ancorados pela hospitalidade, ora ao redor da mesa, cozinhando; ora lendo, caminhando juntos. Aquilo que se apreende convivendo... ​Em cada encontro fazemos um convite para um retrato. Quando o convite á aceito, combinamos um momento do dia para pararmos e sentarmos juntos.​ Preparamos cavalete, tela, pincel e tinta para receber quem se coloca ali, diante de nós, por um instante prolongado, o tempo da pintura.​ 

A busca por aprender por meio do olhar e da escuta. Uma vida em comunidade se faz por meio da troca entre gerações. Aprendemos com cada voz, possibilidades de respondermos à existência.​ Descoberta que pode acontecer quando estamos juntos.   

Busca por uma forma de viver ancorada na amizade, por meio de conversas, pinturas e filmagens. Jornada em terras estrangeiras guiada pelo desejo de experimentar a atmosfera da mesa de Illich.  

 

Na nossa volta ao Brasil, essas experiências serão compartilhadas por meio de retratos e vídeos; organizaremos conversas e encontros, planejamos montar um website que seja um local de compilação desse material. 

Trajetória

Texto e voz de Sajay Samuel - estudante de Illich. 

Professor universitário, escritor,

responsável pelas publicações mais recentes

dos escritos de Illich na língua inglesa. 

Clique nas imagens para visitar mais

Vídeo da Campanha 2019

NOSSA TRAJETÓRIA

Viagens

Com o desejo de conhecer mais sobre esse homem que nos chamou atenção por meio dos escritos que chegaram até nós, fomos duas vezes em expedições para os Estados Unidos para encontrar as pessoas que estiveram ao redor dele. Com poucos contatos prévios, nos encontramos pessoalmente com algumas pessoas e fomos recebidos em suas casas — o que tornou-se uma temporada de conversas, cozinhar juntos, leituras, passeios a pé. Coisas muito preciosas aconteceram nesses encontros. Em alguns casos, trechos desses encontros tiveram um áudio gravado ou imagem filmada. Uma pequena seleção desse material pode ser vista na lista de vídeos e fotos dispostas acima. Estamos de partida para mais uma jornada de viagens em busca de encontros: amigos de Illich que vivem na Europa, em especial na Itália, Alemanha, Noruega e Irlanda. Nosso voo para a Itália já está confirmado, embarcamos dia 26 de junho. Passaremos alguns meses por lá, em seguida, partiremos para os Estados Unidos. O casal de professores, Sajay e Samar, da Penn State University — Pensilvânia — nos receberá por alguns meses, nos orientando na continuação desse projeto e na escrita de uma tese que tem como questão: "Como nós vivemos (podemos viver) juntos?" A obra e vida de Ivan Illich é a base dessa investigação.

Leituras

SOBRE IVAN ILLICH

Ivan Illich (1926–2002), filósofo austro-dálmata, sacerdote católico romano, crítico cultural radical e historiador, foi considerado um dos mais importantes e lúcidos pensadores da segunda metade do século XX. Mais conhecido por escritos polêmicos como Sociedade sem Escolas e A Expropriação da Saúde: Nêmesis da Medicina, Ivan Illich foi autor de vários livros e ensaios, incluindo alguns traduzidos para a língua portuguesa como: Libertar o Futuro e Direito ao Desemprego Criador; e tantos outros ainda nunca traduzidos para o português, como Gender e In the Vineyard of the Text. A longa história do Ocidente ancorou seus amplos estudos, que Illich pois em prática em comunidade com outros. Ele foi professor em muitas universidades, incluindo a Penn State University, Berkeley e a Universidade de Bremen.

Mais informações:

http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-17072017-123751/pt-br.php

QUEM SOMOS NÓS

QUERO ACOMPANHAR O PROJETO